News

Nova mensagem de Rinpoche

Published on 24 April 2018

A quem interessar possa:

Notei que, ultimamente, algumas pessoas estão tentando vender objetos que alegam ter sido pertences pessoais dos grandes Jamyang Khyentse Wangpo e Jamyang Khyentse Chokyi Lodro. 

Embora alguns desses objetos possam mesmo ser verdadeiros, é de importância crucial — independentemente da veracidade das informações — não encorajar esse tipo de negociação, como alguns têm feito, ao pagar preços exorbitantes por eles.

Pessoalmente, sei que alguns dos meus alunos, motivados por um bom coração, querem comprar os objetos, para protegê-los. Embora eu aprecie bastante a boa motivação deles, precisamos, realmente, desencorajar e dar fim a esse tipo de negócio, que é bastante nocivo.

Muitos monastérios de toda a região dos Himalaias já estão sofrendo com tal comércio. A longo prazo, por mais sagrado que um objeto possa ser, nunca é bom encará-lo ou tratá-lo como mercadoria ou investimento, porque isso acaba criando um grande equívoco. Se você comprá-los, mesmo com boa intenção, estará alimentando um péssimo hábito, que será passado adiante para muitos outros que são extremamente materialistas.

Se você realmente tem algum dinheiro sobrando, a quantia poderá gerar muito mais benefício se for usada para traduzir uma única página do Kangyur, através do projeto 84000, ou para ajudar a Khyentse Foundation a patrocinar o retiro de uma monja, nem que seja por uma semana, ou os estudos do Darma de um monge do Camboja. Esta também é a minha vontade.

Dzongsar Jamyang Khyentse